Assaltantes de motoristas de aplicativos são presos pela Polícia Civil em Campo Grande

Assaltantes de motoristas de aplicativos são presos pela Polícia Civil em Campo Grande

A Polícia Civil, por meio da DERF – Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos, após trabalho investigativo, obteve êxito em identificar, localizar e capturar dois indivíduos que estariam realizando roubos a motoristas de aplicativo na capital. A prisão de A.V.P. (22) e P.H.G.A. (26) ocorreu nesta terça-feira, 26/03.

A investigação teve início a partir do registro de uma ocorrência realizada no último dia 21, em que um motorista de aplicativo relatou que dois homens teriam solicitado uma corrida, sendo que antes de chegarem ao destino final, anunciaram o assalto. Enquanto um dos criminosos rendia o motorista pressionando uma faca em seu pescoço, o outro procurava no veículo dinheiro e objetos de valor.

Durante as diligências, os investigadores identificaram mais dois motoristas que teriam sido vítimas dos criminosos, sendo relatado o mesmo modo de agir. Após o levantamento de imagens de câmeras de segurança, os policiais conseguiram levantar informações iniciais, conseguindo chegar a dois indivíduos, que foram reconhecidos pelas vítimas.

Assim, a DERF passou a monitorar a dupla, chegando a um apartamento localizado no bairro Jardim Seminário. No local, os policias capturaram os criminosos e apreenderam um dos celulares subtraídos, bem como encontraram as roupas e a faca utilizada por eles no dia da prática dos crimes.

As investigações ainda demonstraram que a dupla criminosa estaria furtando o mercado de autoatendimento do condomínio havia cerca de dois meses. Em contato com os representantes da empresa, foi possível constatar através de imagens de câmeras de segurança dezenas de subtrações realizadas pela dupla.

Ambos os criminosos são oriundos da cidade de Indiana-SP. Um deles estaria em Campo Grande há cerca de três anos, tendo trabalhado como bancário em uma agência nesta capital. O segundo  estaria em Campo Grande há cerca de dois meses, tendo se hospedado no apartamento do primeiro.

A DERF solicita que eventuais vítimas de roubos em situações similares devem procurar a unidade policial, para prestarem informações, ou podem entrar em contato pelo número (67) 9986-0295.

Google search engine