Polícia Civil prende mulher foragida há 5 anos por crimes gravíssimos durante Operação Cosud em Aral Moreira

Polícia Civil prende mulher foragida há 5 anos por crimes gravíssimos durante Operação Cosud em Aral Moreira

Nesta terça-feira (08), a Polícia Civil, em uma ação conjunta entre a delegacia de Aral Moreira e do Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), em simbiose de informações, capturou uma mulher foragida da Justiça Estadual há cinco anos. A ação, ocorrida no âmbito da Operação Cosud, teve como alvo uma mulher condenada a 7 anos e 7 meses de reclusão, pena a ser cumprida em regime fechado.

A prisão foi efetuada com apoio operacional da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Ponta Porã, após um longo período de busca. O mandado de prisão foi emitido pela 1ª Vara da Comarca de Bataguassu em 2019, relacionado a crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

A mulher, que vinha se esquivando das autoridades, teve seu paradeiro descoberto após informações recebidas pela DRACCO indicarem sua presença em Ponta Porã. Após diligências, o endereço da fugitiva foi localizado no Bairro Nova Ponta Porã, porém sem informação precisa do número da residência, apenas com dados relacionados ao controle de energia local.

Na última semana, a Delegacia de Aral Moreira realizou o levantamento das demais informações e na manhã no presente dia, com apoio operacional da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Ponta Porã, deu cumprimento à determinação de segregação da referida mulher.

Após a prisão, a criminosa foi encaminhada à 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã, onde aguardará as decisões judiciais. A Polícia Civil de Aral Moreira está disponível para receber denúncias pelos números (67) 3488-1270 e (67) 99346-2176 (whatsapp).