Polícia Civil prende mais um dos autores do homicídio com ocultação de cadáver ocorrido em Sidrolândia

Polícia Civil prende mais um dos autores do homicídio com ocultação de cadáver ocorrido em Sidrolândia

Após intensas e ininterruptas buscas no intuito de capturar o terceiro autor do homicídio que vitimou Magno Monteiro, de 42 anos de idade, brutalmente assassinado e enterrado no quintal do terreno onde morava, a Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Sidrolândia, conseguiu localizar e prender J.C.N., de 22 anos, na cidade de Nova Alvorada do Sul, na madrugada de hoje 24/05.

O autor já tinha ciência de que a polícia estava a sua procura e estava se preparando para sair de Nova Alvorada, quando foi surpreendido por uma equipe formada por policiais civis lotados em Sidrolândia, policiais civis lotados em Nova Alvorada e policiais militares locais, que efetuaram a prisão e o conduziram até a Delegacia de Sidrolândia. Ele foi interrogado e confessou sua participação no crime, esclarecendo com detalhes a dinâmica.

“Durante quase três horas de interrogatório ele confessou o crime, disse que premeditaram os fatos dias antes e que o motivo principal para o homicídio foi uma disputa de terreno entre a vítima e um dos autores. Disse, ainda, que a vítima não foi enterrada viva, versão essa sustentada apenas por um dos coautores, porque seu crânio já estava todo desconfigurado em virtude dos golpes de martelo sofridos e que, portanto, seria impossível ter sobrevivido. Essa é a versão que, pela análise dos elementos informativos angariados aos autos, acreditamos ser a mais próxima da verdade, além do mais, nenhum vizinho consultado alegou ter ouvido gritos da vítima, o que faz com que a hipótese seja pouco provável”, informou a delegada Cynthia Gomes, responsável pelo caso.