Polícia Civil prende em flagrante suspeito de coação de adolescente vítima de estupro

Polícia Civil prende em flagrante suspeito de coação de adolescente vítima de estupro

No último dia 15/04, a Delegacia de Polícia Civil em Bataguassu prendeu em flagrante um homem de 26 anos, suspeito de coagir uma vítima de estupro, de 14 anos de idade. Conforme apurado, durante o plantão judiciário a vítima teria requerido medidas protetivas de urgência, com base na Lei Henry Borel, de proteção às crianças e adolescente em situação de violência.

O indivíduo, ao ser intimado da ordem de afastamento se dirigiu até a escola da vítima, juntamente com a irmã e mãe dele, e passaram a coagir a jovem para que não relatasse que parte dos atos de estupros teriam ocorrido quando a ela ainda tinha 13 anos de idade, circunstância caracterizadora do crime de estupro de vulnerável. Tomando conhecimento das informações, policiais civis da 1ª Delegacia e da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Bataguassu localizaram o autor escondido na residência da mãe dele, logo após após o fato ocorrido na escola.

Foi confirmada a presença do homem nas imediações da escola, tendo a mãe da adolescente igualmente confirmado o relato da garota de 14 anos sobre a coação por ela sofrida. Além da investigação relativa ao estupro, ele responderá pelo crime de coação no curso do processo e descumprimento de medidas protetivas infantis.

O envolvimento de outros familiares no ato de coação e favorecimento na fuga ainda será objeto de apuração.