Polícia Civil prende dois indivíduos em flagrante de crime de comércio ilegal de arma de fogo, apreendendo 9 armas de fogo, além de enorme quantidade de munições e acessórios de arma de fogo em Campo Grande

Polícia Civil prende dois indivíduos em flagrante de crime de comércio ilegal de arma de fogo, apreendendo 9 armas de fogo, além de enorme quantidade de munições e acessórios de arma de fogo em Campo Grande

Na última quarta-feira (24), a Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros (GARRAS), prendeu em flagrante E.F.M. (55) e J.C.F.S. (41) pelos crimes de comércio ilegal de arma de fogo, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito em Campo Grande. O GARRAS, nas últimas semanas, após a apoio contínuo na repressão ao conflito entra facções criminosas na divisa com o Estado de Mato Grosso, angariou informações a respeito da comercialização de armas de fogo no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul.

 Somando-se a este repertório informativo, uma equipe desta unidade especializada recebeu uma informação de que um indivíduo que trabalhava no Camelódromo de Campo Grande estaria intermediando uma negociação de duas armas de fogo, modelo pistola. Após diligências investigativas, a equipe policial logrou êxito em obter a localização exata do referido encontro ilícito, realizando campana e monitoramento no local, no intuito de confirmar a procedência das informações.

Durante o monitoramento, identificou tanto o indivíduo que realizava a venda das armas de fogo, quanto o intermediador, realizando a abordagem de ambos. Após busca pessoal e veicular, foram encontradas com a dupla duas armas de fogo do tipo pistola.  

O vendedor das armas de fogo, E.F.M., que é policial militar aposentado, bem como o intermediador, J.C.F.S., que possui um BOX no Camelódromo de Campo Grande, em entrevista preliminar, confirmaram que estavam ali para realizar a venda das duas pistolas para um terceiro desconhecido. Em checagem aos sistemas policiais, verificou-se, ainda que J.C.F.S. possuía duas passagens criminais por porte ilegal de arma de fogo, sendo uma delas em novembro de 2023.

 Além disto, durante a entrevista, E.F.M. afirmou que teriam mais armas de fogo em sua residência, motivando buscas no interior de seu imóvel, no Bairro Nova Lima, onde foram encontradas, dentro de um cofre, diversas armas de fogo ilegais, tais como 01 garrucha calibre 380, 01 garrucha de dois canos sem marca e calibre aparente, 02 revólveres sem marca e calibre aparente, 01 pistola calibre 22, 01 pistola TAURUS 765, 01 pistola Browning calibre 380, além de inúmeras munições dos mais variados calibres, bem como diversos carregadores de pistola e acessórios de arma de fogo.

 Diante das circunstâncias, E.F.M. (55) e J.C.F.S. (41) foram encaminhados para o GARRAS, visando o cumprimento dos procedimentos legais e constitucionais.