Polícia Civil identifica e prende integrantes de associação criminosa que realizou furtos em residências na Carandá Bosque e Vila Almeida em Campo Grande

Polícia Civil identifica e prende integrantes de associação criminosa que realizou furtos em residências na Carandá Bosque e Vila Almeida em Campo Grande

Nesta sexta-feira (25), a Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos (DERF) efetuou o cumprimento de 04 mandados de prisão preventiva e 05 mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela 3ª Vara Criminal de Campo Grande, em investigação que descortinou uma associação criminosa que praticou, em poucos dias de fevereiro de 2024, ao menos 07 arrombamentos em residências situadas nos Bairros Carandá Bosque e Vila Almeida em Campo Grande.

O grupo atuava à noite com três autores, o motorista permanecia no interior do veículo Ford/Ka de cor prata, dois indivíduos desembarcavam na residência alvo, tocavam a campainha e, diante da negativa de atendimento, utilizam de ferramentas para arrombar o portão social e dentro das residências furtavam objetos de valor (joias, relógios, televisores, etc.), totalizando um prejuízo aproximado de R$ 370.000,00. O quarto integrante da associação criminosa, proprietário do Ford/Ka, recebia dos demais o valor de R$ 1.000,00 para cada noite de furtos, a título de aluguel do automóvel.

 O mesmo grupo criminoso também furtou 01 pistola da carga da Polícia Militar do Estado do Mato Grosso do Sul, ainda não recuperada. Os autores J. V. L. L. (24), L. M. S. (25), L. G. A. S. (22) e V. A. C. G. (24), todos reincidentes, foram presos preventivamente e indiciados por furto duplamente qualificado e associação criminosa.

Além disso, um ourives do Bairro Aero Rancho e um proprietário de lan house do Bairro Tijuca foram indiciados por receptação de parte dos objetos subtraídos.