Polícia Civil e SANESUL descobrem ligação clandestina de água em condomínio no Bairro Maria Leite, em Corumbá

Polícia Civil e SANESUL descobrem ligação clandestina de água em condomínio no Bairro Maria Leite, em Corumbá

Na manhã desta terça-feira (04), uma operação conjunta entre a Polícia Civil e uma equipe da SANESUL resultou na descoberta de uma ligação clandestina de água em um condomínio residencial no Bairro Maria Leite, em Corumbá-MS. A fraude, que consistia em um “By Pass” – técnica utilizada para desviar o fluxo de água – estava em funcionamento há vários anos, atendendo a seis apartamentos no local.

A equipe da SANESUL acionou a 1ª Delegacia de Polícia de Corumbá após constatar a irregularidade durante uma inspeção de rotina. Ao chegarem no endereço, os policiais civis confirmaram a existência da ligação clandestina e acionaram a perícia.

 De acordo com a equipe da SANESUL, a estrutura da fraude indicava que a ligação estava em uso há vários anos, permitindo aos moradores o uso de água sem o devido registro e pagamento. O proprietário ou responsável pelo imóvel não foi localizado no momento da operação.

As autoridades continuam a busca para localizá-lo e responsabilizá-lo pela fraude. A SANESUL reforça a importância de denúncias para combater esse tipo de crime, que prejudica não apenas a empresa, mas também a comunidade local.

A SANESUL e a Polícia Civil incentivam a população a denunciar qualquer suspeita de fraude ou irregularidade. As denúncias podem ser feitas pelo número (67) 3234-7111, que também atende via WhatsApp.

Ligação clandestina de água é um crime que gera prejuízos significativos para a empresa de saneamento e para a sociedade como um todo. A água desviada ilegalmente sobrecarrega o sistema, pode comprometer a qualidade do abastecimento e elevar os custos para os consumidores que pagam corretamente pelo serviço.

A operação reforça o compromisso das autoridades e da SANESUL em combater fraudes e assegurar a integridade dos serviços de saneamento na cidade. A investigação segue em curso, e novas informações serão divulgadas conforme o avanço do caso.