Polícia Civil e Polícia Militar prendem em flagrante indivíduos indicados como responsáveis pelas mortes dos dois adolescentes no jardim aero rancho em Campo Grande

Polícia Civil e Polícia Militar prendem em flagrante indivíduos indicados como responsáveis pelas mortes dos dois adolescentes no jardim aero rancho em Campo Grande

Na última sexta-feira (03), por volta das 21h, dois indivíduos em uma motocicleta realizaram múltiplos disparos de arma de fogo, alvejando dois adolescentes de 13 anos de idade, que vieram a óbito em razão dos ferimentos, bem como um jovem de 19 anos de idade, que sobreviveu, apesar da lesão causada pelos projéteis, no Jardim Aero Rancho em Campo Grande. Após ocorrência dos fatos iniciaram-se diversas diligências pelas equipes da Polícia Civil, por intermédio do Grupo de Operações e Investigações (GOI), Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros (GARRAS) e Polícia Militar, por intermédio do Batalhão de Choque.

Durante estas ações, várias linhas de informações surgiram, sendo realizadas diligências contínuas desde a ocorrência do delito, a fim de apurar a autoria criminosa, com a consequente prisão em flagrante dos suspeitos. Neste domingo (05), os policiais militares do Batalhão de CHOQUE lograram êxito em realizar a prisão em flagrante do indivíduo R.M.S. (18) pelo delito de posse ilegal de arma de fogo e receptação, no bairro Jardim Hortência.

Entrevistado, referido indivíduo teria autorizado a dupla criminosa responsável pelo delito a utilizar sua residência como local seguro para reunião antes de partirem para execução do crime. Em sua posse, foi localizada na motocicleta utilizada para os homicídios, que é produto de roubo, e um revólver calibre 38, que não teria sido utilizado durante a prática criminosa do homicídio.

Em seguida, os mesmos policiais militares lograram êxito em realizar diligências que culminaram na prisão do indivíduo responsável por dirigir a motocicleta, identificado como N.I.S.S., no Bairro Vila Jacy, com o qual foi localizado um revólver calibre 357.  Entrevistado, N.I.S.S. (18) confessou ter participado do delito, alegando que teria utilizado o revólver que trazia consigo durante o crime.

De posse destas informações, as equipes da Polícia Civil, especificamente do GARRAS e do GOI, somaram esforços à equipe do Batalhão de CHOQUE da Polícia Militar, e, fruto disto, o responsável pela logística de transporte dos criminosos, identificado como G.E.D.G. (40), também foi preso em flagrante delito.  Entrevistado, referido indivíduo confessou ter realizado os trabalhos de transporte dos envolvidos, afirmando que trabalha na condição de motorista de aplicativos e apenas teria realizado o transporte com fins exclusivamente comerciais.

Por fim, a partir do momento em que foi legalmente franqueado o acesso aos aparelhos celulares de um dos suspeitos, passou-se à realização de trabalhos investigativos de análise do referido dispositivo informativo, apurando-se o envolvimento do custodiado K.B.A.S. (22), como sendo o mandante do crime, fazendo-o em razão de uma desavença relacionada ao tráfico de drogas. Então, equipes do GARRAS, GOI e CHOQUE deslocaram-se até o presídio onde se encontrava o custodiado e efetuaram a sua prisão em flagrante.

Todos os flagranciados foram conduzidos à Delegacia de Polícia do GARRAS, onde foram produzidas todas as peças relativas à prisão em flagrante dos suspeitos, bem como as diligências investigativas já mencionadas.

 

DELEGADOS DE POLÍCIA RESPONSÁVEIS PELA NOTÍCIA:

  • Guilherme Scucuglia Cezar

Delegado de Polícia

Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros – GARRAS

 

  • Pedro Henrique Pillar Cunha

Delegado de Polícia

Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros – GARRAS