Polícia Civil deflagra 19ª fase da operação “Sentinela”, com cumprimento de mandados de busca e apreensão em Dourados

Polícia Civil deflagra 19ª fase da operação “Sentinela”, com cumprimento de mandados de busca e apreensão em Dourados

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), em conjunto com a Seção de Investigações Gerais (SIG) da 1ª Delegacia de Dourados e Instituto de Criminalística (IC), deflagrou nesta terça-feira, 04/06, a 19ª fase da operação Sentinela, com o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão, no município de Dourados-MS.

Após investigações do Núcleo de Inteligência Policial (NIP/DEPCA), houve a identificação de um homem de 45 anos (vendedor) e 01 adolescente (16 anos), que realizavam o compartilhamento/armazenamento de material de abuso sexual infanto-juvenil (CSAM) em ambiente cibernético. A investigação durou cerca de seis meses, resultando na expedição dos mandados de busca e apreensão, autorizados pelo Poder Judiciário.

Os alvos da operação foram localizados e verificado o acesso e armazenamento de centenas de vídeos e fotos, com cenas de sexo explícito e pornográficas envolvendo crianças e adolescentes. Os alvos foram conduzidos ao SIG – 1DP/Dourados para esclarecimentos referentes ao crime do Art. 241 – B do ECA, bem como tiveram seus aparelhos celulares apreendidos e encaminhados ao Instituto de Criminalística – IC.

“Sentinela” é a operação permanecente desenvolvida pela DEPCA, com o objetivo de reprimir a exploração sexual infanto-juvenil, através do monitoramento constante de atividades ilícitas, em meio virtual. A DEPCA realiza as investigações a partir da parceria com a National Center for Missing & Exploited Children – NCMEC (EUA) e Polícia Federal.