Polícia Civil apreende alimentos impróprios para o consumo em Campo Grande

Polícia Civil apreende alimentos impróprios para o consumo em Campo Grande

A polícia Civil, por intermédio da DECON (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo), prendeu nesta quinta-feira, 14/03, na Vila Margarida, em Campo Grande-MS, uma mulher de 27 anos, após ser acionada pela Vigilância Sanitária, que, em fiscalização de rotina constatou a ausência da documentação pertinente, presença de carne oriunda de abate clandestino, total ausência de higiene.

Os investigadores acharam afixado em um quadro de um cômodo anexo relação de escolas do interior que teriam recebido esses alimentos para merenda escolar, fato que será investigado. No local a câmara fria estava alagada, indício de que era desligada.

No interior da câmara havia ossos, medula, cuja venda é vedada. Foram apreendidos 671kg  de carne e 294 ovos, inclusive carne embalada pronta para ser despachada.

A investigação para apurar se a carne oriunda de abate clandestino era vendida para ser servida em merenda continua.