Núcleo Institucional de Cidadania participa do 1º Encontro de Mulheres com Deficiência do Estado Mato grosso do Sul em Campo Grande

Núcleo Institucional de Cidadania participa do 1º Encontro de Mulheres com Deficiência do Estado Mato grosso do Sul em Campo Grande

Na última quinta-feira (21), a Polícia Civil, por intermédio da Dra. Maíra Pacheco Machado, coordenadora do Núcleo Institucional da Cidadania (NIC), foi convidada a participar do “1º Encontro de Mulheres com Deficiência do Estado de Mato Grosso do Sul”. Sob o tema “As Mulheres com Deficiência Também Fazem Parte do MS”, o evento foi promovido pelas Subsecretarias de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e de Políticas Públicas para Mulheres, ligadas à Secretaria de Estado da Cidadania.

O encontro teve como objetivo central promover políticas públicas e fortalecer a cidadania das mulheres com deficiência do estado, buscando seu protagonismo, empoderamento e inclusão social e política. Uma das iniciativas resultantes desse evento será a elaboração de um Plano de Ação Transversal voltado para esse público específico.

Diversas autoridades e representantes de entidades estiveram presentes no evento, incluindo a sra. Mônica Riedel, 1ª dama do Mato Grosso do Sul, a Secretária de Estado da Cidadania sra. Viviane Luiza, a Subsecretária de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência sra. Telma Nantes, além de representantes da Defensoria Pública, Ministério Público e outras instituições.

Durante o encontro, o NIC da PCMS propôs uma iniciativa para agregar a capacitação profissional dos policiais civis. Eles sugeriram a exibição do documentário “SILENCIADAS: EM BUSCA DE UMA VOZ”, visando conscientizar sobre as questões enfrentadas pelas pessoas com deficiência e promover políticas públicas efetivas para combater o capacitismo, uma forma de preconceito que marginaliza aqueles que fogem dos padrões corporais tidos como ideais.

O evento ocorreu na Escola Superior da Defensoria Pública, localizada na Rua Raul Píres Barbosa, número 1464, e contou com uma programação das 09h às 12h e das 13h às 16h. A presença de diversas entidades da sociedade civil reflete o compromisso conjunto em promover a inclusão e os direitos das mulheres com deficiência em Mato Grosso do Sul.

Por Jéssica Salles ASSERICOM PC/MS.