Indivíduo vem à óbito, após confronto armado com a PM em Corumbá

Indivíduo vem à óbito, após confronto armado com a PM em Corumbá

Corumbá (MS) – Por volta das 21h28 de domingo (14/04), à guarnição de Força Tática foi acionada via COPOM para deslocar até a parte alta da cidade, com informações do SAMU sobre uma vítima
com disparo de arma de fogo. A equipe deslocou próximo ao local, nas proximidades do UPA, e foram informados de que a vítima já havia sido removida para o UPA.
No UPA, em contato com o médico plantonista, a equipe foi informada de que a vítima, identificada já estava em óbito. Segundo o médico, informou que a vítima apresentava o pescoço quebrado, indicativo de estrangulamento, além de uma perfuração de disparo de arma de fogo na faixa da cintura, com entrada e saída nas laterais.
Todos os presentes no UPA que sabiam do ocorrido mostraram-se apreensivos e amedrontados em relatar o nome do autor. No entanto foi revelado o nome do possível autor para a equipe policial, e que eles teriam discutido antes do fato, sendo apontado como responsável do crime.

Em deslocamento a equipe policial foi abordada por pessoas que estavam subindo a rua do UPA, e que confirmaram mais uma vez o nome do possível autor. Acrescentaram ainda que estavam receosos de mencioná-lo, pois ele portava arma de fogo e ameaçava os residentes da região.
A equipe deslocou até a residência próxima ao endereço da vítima, onde o mesmo encontrava-se na frente da residência, visivelmente alterado e proferindo ameaças. Quando a guarnição se aproximou, visualizou o autor de bermuda, sem camisa e com uma arma de fogo em sua cintura.

Após solicitar que ele colocasse as mãos na cabeça e deitasse ao chão para ser feito a busca pessoal, o autor desobedeceu aos, comandos da equipe policial, tornando-se cada vez mais hostil e agressivo, entrou em sua residência, e uma mulher que estava no local fechou o portão com uma
corrente.
Após varias tentativas de verbalização com a mulher sobre a necessidade de leva- ló para a delegacia, pois, estava em flagrante delito, e o individuo estar armado, a equipe rompeu a corrente e adentrou na varanda da residência. Ao chegar à porta da sala, o autor avançou em direção à guarnição de forma
violenta, colocando a mão na cintura para sacar a arma de fogo, o que levou à intervenção com o objetivo de neutralizar a injusta agressão atual e iminente.
Após a equipe enfrentar resistência para retirar o autor do local e levá-lo ao pronto-socorro o mais rápido possível, a equipe conseguiu colocá-lo na viatura e se retirar do local sob ameaças e agressões por parte da família.
Imediatamente foi solicitado apoio de outra guarnição policial via rádio para garantir a saída segura do local, até o Pronto Socorro Municipal, onde o médico plantonista confirmou o óbito do autor.

Texto e imagem: Assessoria de Comunicação Social do 6º BPM