DIA MUNDIAL DA ÁGUA

DIA MUNDIAL DA ÁGUA

Campo Grande (MS) – O Dia Mundial da Água, comemorado no dia 22 de março, remete à necessidade urgente de proteger e preservar os recursos hídricos. Nesse contexto, o trabalho da Polícia Militar Ambiental se destaca como uma peça fundamental nessa preservação.

O trabalho da PMA é essencial para a fiscalização e proteção das áreas de reserva e preservação permanente, especialmente em ecossistemas sensíveis como o Pantanal, uma das maiores áreas úmidas do mundo que abriga biodiversidade única. A manutenção desse ecossistema depende diretamente da fiscalização para evitar atividades predatórias, como desmatamento e poluição, que ameaçam sua integridade ecológica.

Além disso, a fiscalização ambiental desempenha um papel crucial na conservação de outras áreas sensíveis, como os rios cênicos de Bonito e as áreas de cachoeiras, como Bodoquena. Áreas sensíveis que dependem da cobertura vegetal para manter sua qualidade hídrica e paisagística e a proteção de habitats naturais.

Nesse contexto, a Polícia Militar Ambiental tem como uma de suas principais ações preventivas a Educação Ambiental, que é ação prioritária desde sua criação, desenvolvendo ações e programas educacionais, a exemplo do Projeto Florestinha, que é um projeto socioambiental com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social que participam como aprendizes e educadores ambientais.  Os “florestinhas”, como são curiosamente chamados, após passarem pelo processo de ensino e aprendizagem com professores e policiais ambientais, tornam-se multiplicadores, realizando palestras sobre conscientização e sensibilização sobre questões ambientais e a importância da preservação dos recursos naturais.

Nessa ocasião, a PMA intensifica suas ações de Educação Ambiental para relembrar a sociedade sobre a importância da conservação da água, e divulga a programação de Educação Ambiental desta semana, que inclui participações em eventos de parceiros, limpeza de rios, palestras em escolas e blitz educativas em várias cidades do estado.

Texto e Imagens: Assessoria de Comunicação Social do 1º BPMA

Google search engine