Artéria vital da Capital, Duque de Caxias recebe investimento do Governo para recapear mais de 19 km

Artéria vital da Capital, Duque de Caxias recebe investimento do Governo para recapear mais de 19 km

A avenida Duque de Caxias, em Campo Grande, está passando por um dos maiores investimentos de infraestrutura dos últimos anos. O Governo de Mato Grosso do Sul avança nas obras de recapeamento de um trecho de 9,8 quilômetros entre a rotatória do Núcleo Industrial Indubrasil e o acesso ao Aeroporto Internacional de Campo Grande (lado esquerdo).

Com 28% das obras executadas, este projeto no lote 2 está recebendo um aporte financeiro de R$ 15,9 milhões em recursos estaduais.

Além disso, a avenida está sendo revitalizada em ambos os sentidos. O trecho oposto, também de 9,8 quilômetros, está em processo de recuperação asfáltica através de um convênio entre o Governo do Estado, a Prefeitura de Campo Grande e recursos da bancada federal – cerca de R$ 10 milhões, totalizando um investimento de R$ 16,5 milhões.

Somando-se os recursos estaduais, a recuperação completa da avenida envolve um investimento total de R$ 32,4 milhões para melhorar 19,6 quilômetros dessa via crucial.

A Duque de Caxias desempenha um papel fundamental para os cerca de 100 mil habitantes dos bairros que ficam no seu entorno, na região oeste da cidade – saída para Aquidauana.

Essa obra não só facilita o tráfego diário de moradores e comerciantes, mas também serve como uma rota essencial para quem se dirige ao Pantanal pela rodovia BR-262. Essa melhoria tem sido considerada um avanço significativo na qualidade de vida e na infraestrutura da região.

José Santana, proprietário de uma revenda de automóveis na avenida desde 2022, expressou sua satisfação com as obras.

“O trecho em frente ao meu estabelecimento estava em péssimas condições. Essa obra está sendo muito bem-feita. O bairro cresce, as coisas melhoram para a gente e, além disso, a avenida fica mais bonita”, relata Santana. Segundo ele, os comerciantes da região estão muito gratos pela revitalização do asfalto.

Eduardo Vitor de Oliveira, outro empresário local, compartilha do mesmo entusiasmo. Proprietário de um armazém próximo à loja de Santana, ele espera que o novo asfalto impulsione as vendas e traga mais segurança para quem passa pela via diariamente.

“Essa obra está sendo muito boa para a gente. Melhorando a rua, vai trazer mais clientes, beneficiando todos os comerciantes. Antes, acidentes e barulhos de freada brusca por causa dos buracos eram comuns. Agora, a tendência é só melhorar”, comemora Eduardo.

Secretário de Infraestrutura e Logística, Helio Peluffo destaca a importância das ações municipalistas do Governo de Mato Grosso od Sul.

“O governador Eduardo Riedel tem cuidado dos 79 municípios e na Capital não seria diferente. Essa obra permite tráfego melhor para os campo-grandenses, é mais segurança para quem vai e volta do trabalho, além de trazer benefícios diretos para os moradores e comerciantes da região com um asfalto totalmente recuperado”, afirma Peluffo.

As obras na avenida Duque de Caxias representam não apenas uma melhoria significativa na infraestrutura urbana de Campo Grande, mas também um investimento no futuro econômico e social da cidade. Com a conclusão dos trabalhos, a avenida se tornará uma via mais segura, funcional e esteticamente agradável, beneficiando todos os que a utilizam diariamente.

Luciana Bomfim, Comunicação Seilog/Agesul 
Fotos: Chico Ribeiro/Seilog