Agepen e Senai capacitam pré-egressos e egressos de Dourados em curso básico de informática

Agepen e Senai capacitam pré-egressos e egressos de Dourados em curso básico de informática

Como parte das ações de atenção ao egresso promovidas pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), por meio da Diretoria de Assistência e Penitenciária, um curso de “Fundamentos Básicos da Informática” foi ofertado a pré-egressos dos presídios masculino e feminino de regimes semiaberto, e egressos do Patronato Penitenciário de Dourados, que também foi estendido aos seus familiares.

A capacitação foi realizada em parceria e o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), sendo coordenada pela equipe do Patronato Penitenciário de Dourados.

Com o intuito principal de fornecer noções básicas para a utilização das ferramentas do pacote Office em sistemas Windows e Linux, o curso buscou capacitar 12 participantes para atender às demandas tecnológicas do mercado de trabalho e do dia a dia.

As aulas foram realizadas na sala de informática local, com 9 participantes concluindo o curso nesta turma.

Os instrutores responsáveis pela capacitação, Diego Aparecido de Paula Farias e Jackson Alves da Costa, ambos do Senai, desempenharam um papel fundamental ao compartilhar seus conhecimentos e experiência, contribuindo para o desenvolvimento das habilidades dos participantes.

A próxima turma terá início em 30 de abril, seguindo o mesmo formato, e contemplará pré-egressos, egressos e familiares. As inscrições serão realizadas no Patronato Penitenciário de Dourados.

Segundo a Diretora do Patronato Penitenciário de Dourados, Gislaine de Souza Fonseca Schveiger, essa capacitação não representa apenas a conclusão de um curso, mas também simboliza a abertura de novas oportunidades e possibilidades para os egressos.

“O conhecimento adquirido certamente terá um impacto positivo em suas vidas, capacitando-os para uma reinserção mais efetiva na sociedade e oportunidades de acesso ao trabalho. Parabéns a todos os envolvidos por essa iniciativa transformadora”, destacou a diretora.

Para a diretora do Estabelecimento Penal Feminino de Regime semiaberto de Dourados, Laiza Fernanda Martini da Silva, que participou da solenidade de encerramento do curso,  essa iniciativa não apenas oferece novas habilidades técnicas, mas também promove a autoestima e o senso de realização entre as internas, preparando-as para uma reinserção produtiva na sociedade após o cumprimento de suas penas.

“Através do aprendizado da informática, essas mulheres têm a oportunidade de ampliar suas perspectivas e buscar novas oportunidades no mercado de trabalho”, finalizou.

Comunicação Agepen