Ação conjunta entre a Polícia Civil, Iagro e Procon resulta na prisão de duas pessoas em Maracaju por expor produtos impróprios para consumo à venda

Ação conjunta entre a Polícia Civil, Iagro e Procon resulta na prisão de duas pessoas em Maracaju por expor produtos impróprios para consumo à venda

A Polícia Civil, por intermédio da DECON (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo), em conjunto com a IAGRO (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) e PROCON/MS (Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor), deflagrou nesta quarta-feira, 20/03, a operação “Boas Práticas”, no município de Maracaju-MS. A ação realizada em alusão ao mês do consumidor resultou em duas prisões em flagrante, por exposição à venda de produtos impróprios para consumo e em desacordo com a legislação vigente.

Além das prisões, foram apreendidos no primeiro estabelecimento vistoriado aproximadamente 700 kgs de produtos e no segundo estabelecimento 4037kg de carne imprópria. Nenhum dos dois comércios possuíam autorização do SIM (Serviço de Inspeção Municipal), para fracionamento e produção de alimentos.

Nos dois locais foram encontradas carnes de abate clandestino, inclusive, em um dos estabelecimentos a força tarefa apreendeu medula, cujo comércio é vedado por ser o príon da vaca louca. A força tarefa encontrou ainda insetos nos alimentos. 

 

Google search engine