Inovador, MS vai usar plasma de sangue humano para tratar pacientes de Covid-19

Inovador, MS vai usar plasma de sangue humano para tratar pacientes de Covid-19

Inovador, MS será mais uma vez pioneiro ao adotar práticas inovadoras de combate à Covid-19, como aconteceu, por exemplo, ao ser um dos primeiros estados a instalar o COE (Comitê de Operações Emergenciais) e os drive-thrus em municípios estratégicos. Desta vez, vai participar de um estudo que pretende avaliar o impacto da transfusão de plasma pessoas recuperadas da Covid-19 em pacientes com quadro clínico grave da doença. A primeira coleta acontecerá hoje (15), às 8h30, no Hemosul, em Campo Grande.

O estudo é encabeçado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (USP) e conta, em Mato Grosso do Sul, com a participação do Governo do Estado, por intermédio do Hemosul e Hospital Regional de MS, além de outras instituições, como Hospital Universitário da UFMS, Hospital das Clínicas da USP e da Escola Paulista de Medicina da UNIFESP (São Paulo).

Em Mato Grosso do Sul, o responsável é o infectologista Júlio Croda. O estudo conta ainda com a participação de outros profissionais como Benedito Antônio Lopes da Fonseca, Benedito de Pina Almeida Prado Jr, Dante Langhi Jr., Dimas Tadeu Covas, Eugênia Maria Amorim Ubial, Gil Cunha De Santis e Rodrigo Calado de Saloma Rodrigues.